3 formas de aumentar o ticket médio no seu e-commerce

Por Lucas Jordan, Coordenador de Mídia

Aumentar o ticket médio a cada venda em seu e-commerce é um patamar que todos empreendedores desejam alcançar. 

Por isso, é preciso investir nas estratégias certas. Confira!

O que é ticket médio no e-commerce?

Ticket médio é um indicador chave de performance (KPI) que indica o valor médio dos gastos que os clientes fazem em sua loja virtual. Quanto maior for o valor, significa que eles estão gastando mais na hora de comprar. 

Ticket médio não se trata de aumentar a quantidade de clientes, mas de aumentar o valor médio que eles gastam em sua loja

Um exemplo simples: se em determinado período cada cliente gastou uma média de R$ 130,00 a mais em sua loja virtual em relação ao período anterior, cuja média de gastos era de R$ 95,00, isso significa que o ticket médio aumentou. 

Isso também indica que o cliente está satisfeito com o seu e-commerce. Se ele gasta mais em sua loja, pode indicar que o cliente encontrou o que procurava, que a sua loja tem boa variedade de produtos, ou que o cliente considerou vantajoso colocar mais produtos no carrinho.

Caso contrário, se o ticket médio diminuiu no período, isso pode dar alguns insights para você avaliar o que pode ter acontecido. O cruzamento desses valores com outros dados pode indicar pontos de melhorias e estratégias a serem tomadas. 

Em outras palavras: você precisa saber medir o ticket médio do seu e-commerce – e ter o objetivo de sempre aumentá-lo.

Como calcular o ticket médio no e-commerce?

É muito simples calcular o ticket médio do seu e-commerce. Mas antes de partir para o cálculo, você precisa estabelecer dois parâmetros:

  1. O período da análise: de forma geral, o ideal é que você calcule mensalmente o ticket médio da sua loja virtual. 
  2. A quantidade de produtos: ao calcular o ticket médio, você pode escolher o valor de forma geral ou apenas sobre certos produtos e serviços da loja virtual. 

Entendido isso, vamos à fórmula para calcular o ticket médio do seu e-commerce:

Ticket médio = Faturamento total do período / Número de pedidos do período

Vamos a um exemplo.

A sua loja virtual de acessórios de celular obteve 157 vendas no mês, sendo que:

  • 123 vendas tiveram o valor de R$ 35,00 (35,00 x 123 = R$ 4.305,00);
  • 19 vendas tiveram o valor de R$ 59,90 (59,90 x 19 = R$1.138,10);
  • 17 vendas tiveram o valor de R$ 89,90 (89,90 x 17 = R$ 1.528,30).

Número de vendas do período: 157.

Faturamento total do período: 4.305,00 + 1.138,10 + 1.528,30 = R$ 6.971,40.

Ticket médio = Faturamento total do período / Número de pedidos do período

Ticket médio = 6.971,40 / 157

Ticket médio = R$ 44,40

Isso significa que durante o período analisado, os clientes gastaram uma média de R$ 44,40 em sua loja virtual. 

O que isso quer dizer? 

Um ticket positivo ou negativo? A resposta dependerá de algumas análises, como, por exemplo:

  • O valor médio dos produtos;
  • O faturamento dos meses anteriores;
  • A  meta de faturamento estabelecida. 

Lembrando que você também pode calcular o ticket médio de determinado produto ou categoria de produtos. Isso vai te ajudar a saber se as vendas estão indo bem ou não.

Como aumentar o ticket médio da sua loja virtual?

Bom, até o momento você conferiu o que é e qual é a importância do indicador chave de performance do ticket médio. E também aprendeu como fazer esse cálculo e como analisar o resultado.

Agora, eis a missão: aumentar o ticket médio, mesmo que as suas vendas já estejam boas. Quanto mais esse valor aumentar, mais vendas e mais sucesso a sua loja virtual obtém!

Portanto, daremos a seguir 3 dicas básicas:

1. Atraia visitantes mais qualificados para o seu e-commerce

Isso significa atrair pessoas que tenham mais potencial de compra, ou seja, um público que tenha mais perfil para comprar valores maiores em sua loja virtual.

Lembre-se: em relação ao ticket médio, o que importa é o valor de gasto de cada comprador. Então, nada melhor do que concentrar os esforços de marketing para atrair esse perfil específico de cliente.

Existem duas maneiras para essa atração, sendo que as duas precisam ser colocadas em prática:

  • Segmentando os anúncios pagos: é preciso sempre verificar se as configurações de segmentação dos anúncios estão corretas para atrair o cliente ideal. Palavras-chave (incluindo as negativas), local e outras características fazem diferença. 
  • Investindo em Inbound Marketing: essa é a estratégia de atrair clientes de forma orgânica por meio de técnicas de conteúdo e SEO. Dentro do e-commerce, essa linha do marketing também é chamada de Inbound Commerce. 

2. Faça cross selling e up selling na loja virtual

Quando o assunto é e-commerce, sempre reforçamos aqui no blog que é muito válido investir em cross selling e up selling.

Na prática, é preciso preparar a loja virtual para:

  • Assim que o cliente coloca os itens no carrinho, a loja sugere itens complementares (e com preços menores que o item que ele está comprando) para que ele também seja influenciado a comprar. Isso é o cross selling
  • Já se o seu e-commerce proporcionar o up selling, também vale a pena investir. Nele, a loja virtual oferece um upgrade no item que o cliente está comprando a um preço maior, porém, com mais vantagens para ele.

Além disso, dentro dessa estratégia, também pode valer a pena investir em remarketing oferecendo esses upgrades ou os itens complementares, caso o cliente tenha desistido da compra. 

3. Ofereça frete grátis a partir de um determinado valor de compra

Não é à toa que os grandes e-commerces oferecem frete grátis para compras a partir de determinado valor. Essa é uma estratégia de aumentar o ticket médio das vendas.

E, cá entre nós, quem não gosta de um frete grátis, não é mesmo? A gente prefere comprar um item a mais no site para não ter que pagar por ele. 

Isso ocorre porque a gente tem a tendência de associar o frete a um custo extra e que não terá nenhum retorno “palpável” em relação ao produto que estamos comprando. Já um item extra terá, já que ele receberá mais um produto.

Mas atenção: antes de oferecer frete grátis, calcule adequadamente a margem de lucro e também negocie os valores e condições melhores com as transportadoras privadas e com os Correios. 

Compartilhe:

ESCRITÓRIOS:


Porto Alegre:
Rua Dona Laura, 320 12º andar

Rio Branco - Porto Alegre - RS
CEP: 90430-090
Telefone: +55 (51) 4009.5510

São Paulo:
Av. Nações Unidas, 11.857 - 8º Andar

Brooklin - São Paulo - SP
CEP: 04578-908
Telefone: +55 11 5093 2403

NAVEGUE:


Nossa agência
Clientes
Certificações
Carreiras

ASSINE A NEWS:


SERVIÇOS:


Conteúdo Digital
CRM
Data Intelligence
Gestão de Consultoria SEO
Mídia Paga
Planejamento Estratégico
Produção Criativa

CANAIS OFICIAIS:


Fale Conosco

Leia nossa política de privacidade.


Copyright © 2020. Adtail Marketing Digital - Todos os direitos reservados.

Youtube
Vimeo
Google Maps