A Biblioteca de Anúncios do Facebook é uma ferramenta poderosa que revolucionou a forma como as empresas gerenciam as suas campanhas de publicidade nas redes sociais. 

Para e-commerces, a plataforma se tornou um ativo inestimável, oferecendo insights valiosos e a capacidade de “espiar” a concorrência de maneira eficaz. 

Aqui na Adtail, temos uma equipe especializada em tráfego pago e estratégias de mídia no Facebook e demais redes sociais. 

Atendemos vários clientes no segmento de e-commerce. Sendo assim, reunimos conceitos, dicas e estratégias trabalhadas internamente para ajudar você a impulsionar o seu comércio eletrônico. Veja tudo a seguir!

O que é a Biblioteca de Anúncios do Facebook?

A Biblioteca de Anúncios é uma ferramenta da Meta que possibilita a pesquisa de anúncios veiculados em suas plataformas, como o Facebook e o Instagram. 

Também conhecida como Ad Library, ela foi criada com o objetivo de aumentar a transparência. Isso porque torna as informações sobre anúncios acessíveis mesmo para pessoas que não estejam logadas nas redes sociais. 

Na Biblioteca, os usuários podem obter dados como a quantidade de anúncios de uma página, os conteúdos, as imagens e as datas de início das campanhas. 

No entanto, informações mais específicas, como o orçamento e a segmentação do público-alvo, não são fornecidas. 

Com mais de 2,9 bilhões de contas no Facebook e 2 bilhões no Instagram (1) essa ferramenta é muito útil na vigilância da publicidade online. Mais do que isso, é uma verdadeira aliada em ações de inteligência competitiva dos negócios.

Por que a Biblioteca de Anúncios é importante para o e-commerce?

Os gestores de e-commerces devem dedicar atenção à Biblioteca de Anúncios devido à sua capacidade de fornecer insights sobre a concorrência e tendências de mercado. 

Em um cenário em que a atenção dos consumidores é altamente disputada nas redes sociais, conhecer as estratégias dos concorrentes é um grande diferencial competitivo. 

A partir das informações disponibilizadas na Biblioteca, pode-se realizar análises mais profundas das táticas de marketing utilizadas pelos concorrentes. 

Assim, o seu negócio poderá se “defender” e estar sempre um passo à frente, principalmente no que se refere à conversão e performance;

Como usar a Biblioteca de Anúncios para insights?

Usar a Biblioteca de Anúncios do Facebook é uma tarefa bastante simples. Preparamos um passo a passo para te auxiliar nesse momento. Observe:

  1. Acesse o site: vá para a página oficial da Biblioteca de Anúncios do Facebook e comece selecionando país no qual os anúncios desejados foram veiculados;
  2. Escolha a categoria: opte entre as duas categorias disponíveis: “Todos os anúncios” ou “Temas, eleições ou política”. Se estiver interessado em anúncios empresariais, selecione a primeira opção;
  3. Inicie a pesquisa: no campo de pesquisa, digite o nome da empresa que você deseja analisar. À medida que você digita, a ferramenta permite a escolha de uma página específica associada à empresa;
  4. Visualize os anúncios: clique na página desejada para visualizar os anúncios vinculados a ela. Se preferir ver resultados gerais para a palavra-chave, clique no ícone de lupa;
  5. Analise os resultados: na página de resultados, você verá detalhes de cada anúncio, incluindo texto, links, imagens, data de início da veiculação e as plataformas em que foram exibidos. Você pode clicar em “Ver detalhes do anúncio” para acessar diferentes versões da mídia paga, o que é útil para avaliar as mudanças nas estratégias ao longo do tempo.
tela de login do Facebook

Estratégias de mídia paga que fizeram a diferença para os nossos clientes

A Novo Mundo, cliente da Adtail, conquistou um notável aumento no ROI de 350% no Facebook após implementar ações estratégicas, como análises na Biblioteca de Anúncios.

Inicialmente, a empresa havia interrompido suas atividades na plataforma devido a resultados insatisfatórios. 

No entanto, uma análise detalhada revelou o potencial de conversão nas redes sociais, desmentindo a crença de que elas servem apenas para o engajamento, não para conversão.

A nossa equipe adotou uma abordagem data-driven para otimizar a estratégia. Isso incluiu uma revisão completa das tags e a implementação de campanhas de remarketing dinâmico.

Anúncios para um público novo, focando em produtos de ticket médio mais elevado, também foram introduzidos. (2)

Dicas avançadas e melhores práticas

Para aprimorar a análise de anúncios na Biblioteca do Facebook e otimizar campanhas de e-commerce, nossa equipe utiliza algumas estratégias avançadas. 

Vamos compartilhar um pouco do nosso segredo com você. Veja:

Aprofunde-se na segmentação de público-alvo

Explore a segmentação de anúncios de concorrentes na Biblioteca de Anúncios. Isso pode revelar informações valiosas sobre os grupos demográficos, interesses e comportamentos que eles estão direcionando. 

Use essas informações para afinar sua própria segmentação de público-alvo, identificando nichos pouco explorados e oportunidades de alcance mais eficaz. 

Além disso, considere a criação de personas de compradores com base nas descobertas da Biblioteca de Anúncios para direcionar estrategicamente seus anúncios, de acordo com o comportamento do usuário.

Analise as mensagens e ofertas de concorrentes

Analisar as mensagens e ofertas utilizadas por concorrentes pode inspirar a criação de conteúdo mais envolvente e estratégias de preços competitivas. 

Observe o tom da comunicação, os gatilhos emocionais e os incentivos oferecidos. 

Também identifique lacunas e oportunidades em relação às mensagens e às ofertas dos concorrentes, adaptando sua abordagem para se destacar.

Acompanhe as mudanças ao longo do tempo

A Biblioteca de Anúncios permite acompanhar as mudanças nas campanhas de seus concorrentes ao longo do tempo. 

Isso é fundamental para entender como eles ajustam as  estratégias em resposta a eventos sazonais, tendências do mercado ou concorrência. 

Monitore regularmente para identificar padrões, como quais meses têm mais anúncios promocionais e quais tipos de conteúdo são consistentes em suas campanhas. 

Use essas informações para planejar suas próprias estratégias sazonais e manter sua presença competitiva no mercado.

Adtail: especialistas em estratégias de mídia no Facebook

A experiência da Adtail em desbloquear o potencial da Biblioteca de Anúncios tem se destacado nas campanhas ativas de diversos clientes.

Ao escolher parceiros como a Adtail, você se beneficia do conhecimento especializado que pode transformar a sua presença online e os seus resultados financeiros. 

Sabemos que desbravar a Biblioteca de Anúncios do Facebook é algo desafiador. Porém, estamos aqui para ajudar o seu e-commerce a se desenvolver, aumentar as vendas e lucrar cada vez mais. 
Que tal bater um papo com alguém do nosso time? Estamos à disposição!

Por Eduardo Bremer, Especialista de Social Media da Adtail

A Meta pode até não ser a maior criadora de novas ideias, mas uma coisa é fato: eles sabem ler o mercado e introduzir novas tendências como ninguém – já vimos isso acontecer em um passado recente com os stories e vídeos verticais, por exemplo.

Dizem que “o mais difícil não é chegar ao topo, mas permanecer lá”… e bem, goste ou não dos métodos da Meta, eles estão dando os passos necessários para continuar no topo.

Na última semana – em meio a uma polêmica envolvendo limites de leitura no Twitter de Elon Musk –, Adam Mosseri, CEO do Instagram, veio a público através do seu canal de transmissão no Instagram divulgar o lançamento da nova rede social “Threads”.

O lançamento, que estava previsto para acontecer na manhã de quinta-feira (06/07), foi adiantado para o início da noite de quarta-feira (05/07), onde a internet se mobilizou para conseguir seu cadastro e “chave de acesso” para o Threads.

Isso porque havia um easter egg que consistia em digitar os termos “1992” “p92” “saymore” “thread” ou “ticket” na barra de busca do Instagram para conseguir uma espécie de ingresso para entrada na rede social, que continha um direcionamento para baixar o aplicativo na Apple Store e Google Play. Uma curiosidade é que os termos utilizados se tratavam de antigos nomes para o projeto da rede social, que inclusive já se chamou Barcelona em um dado momento.

Dado esse contexto, antes de continuar, mentalize sua opinião: o Threads vai fracassar ou tem tudo para dar certo? Confira algumas informações que já sabemos neste artigo!

O que é o Threads?

Threads é a nova rede social da Meta, trata-se de uma rede inspirada no Twitter com aparência e funcionalidades semelhantes. Aqui está a descrição oficial do Threads na listagem da loja de aplicativos:

“Diga mais com o Threads — o app de conversas de texto do Instagram.

O Threads é onde as comunidades se reúnem para conversar sobre tudo, dos tópicos importantes para você hoje até o que estará em alta amanhã. Não importa o seu interesse, você pode seguir e se conectar com seus criadores de conteúdo favoritos e outras pessoas com as mesmas paixões — ou criar um público leal para compartilhar suas ideias, opiniões e criatividade com o mundo.”

Threads já é um sucesso absoluto?

Ainda é muito cedo para tratar o Threads como um sucesso absoluto, mas é indiscutível que houve um movimento muito bem pensado pela Meta para atrair uma “avalanche” de novos usuários que sustentem uma necessidade de conteúdos dentro em uma rede recém-estabelecida.

Esse movimento foi possível devido ao Threads possuir integração com um perfil já existente do Instagram, isto é, para você entrar no Threads pela primeira vez, basta autenticar o seu mesmo login do Instagram e pronto: você já está dentro da nova rede social, podendo importar inclusive suas informações pessoais de avatar, bio e até mesmo os seus seguidores e perfis que sua conta está seguindo, tudo isso em apenas alguns segundos.

Para se ter ideia do sucesso desse movimento, em apenas 1 hora de liberação nas lojas de aplicativos, o Threads já havia atingido 1 milhão de usuários. Em 7 horas, o número de usuários chegou a 10 milhões.

A Statista, empresa alemã que oferece estatísticas, relatórios e insights de mercado, divulgou uma lista comparando quanto tempo outros serviços levaram para atingir 1 milhão de usuários:

Netflix – 3.5 anos

Airbnb – 2.5 anos

Twitter – 2 anos

Facebook – 10 meses

Spotify – 5 meses

Instagram – 2.5 meses

ChatGPT – 5 dias

Threads – 1 hora

Uma rede social criada para ser descentralizada no ‘fediverso’

Pouca gente sabe, mas uma das grandes jogadas do Threads é ser criada em um protocolo que permitirá uma descentralização no futuro, tendo seu funcionamento não mais baseado em servidores de uma empresa, mas por usuários voluntários.

Essa estrutura permitirá que o Threads faça parte das plataformas pertencentes ao chamado “fediverso”. Segundo o Canaltech, “Fediverso é o nome dado à federação de plataformas descentralizadas. O conceito nasce da fusão das palavras “federado” e “universo”, refletindo sua missão de unificar redes sociais, fóruns de debate, microblogs e muito mais em uma vasta rede horizontalizada.

No fediverso, cada rede social funciona com o seu respectivo servidor, mas a comunicação gira em torno de uma rede central — isso existe graças ao protocolo ActivityPub. É esse sistema de diretrizes que permite aos usuários compartilharem fotos, vídeos e demais publicações como se estivessem no mesmo local.

No momento, o fediverso já conta com alguns serviços interligados:

E segundo a Meta, o Threads deve se comunicar com esses canais em breve. Ao ingressar no Threads, os usuários são impactados por um aviso: “As futuras versões do Threads terão acesso ao fediverso, um novo tipo de rede social que permite que as pessoas sigam e interajam umas com as outras em diferentes plataformas, como o Mastodon”.

Threads vs Twitter: comparativo de recursos

Após alguns testes, comparamos as diferentes funções que podem ser encontradas no Threads e no Twitter:

*As funções apontadas podem ser aprimoradas através do serviço de assinatura Twitter Blue, que expande o limite de um tweet para até 4.000 caracteres e vídeos com até 2 horas de duração. Demais recursos podem ser encontrados aqui.

Sua marca deve estar no Threads?

Considerando o contexto de novas tendências e as rápidas mudanças nos hábitos de consumo dos usuários, sugerimos que a sua empresa faça a criação do espaço no Threads e comece a validar diferentes abordagens e formatos de conteúdos.

Três dicas para se atentar nesse início: 

  1. Avalie marcas que já estão com uma presença mais ativa (como, por exemplo, Netflix, Ponto Frio, Bis) e construa um benchmarking: entenda o tipo de linguagem, os formatos dos conteúdos e como as pessoas estão reagindo a cada uma das particularidades que observar; 
  1. Reaproveite conteúdos que já registraram bons desempenhos no Twitter, ou em alguma outra rede social, mas que possua uma comunicação mais informal e descontraída que se aproxima do usuário. A técnica de “reciclar” posts com boa performance é bastante comum, pois a ideia central do conteúdo já passou por uma validação pública onde obteve bons resultados, portanto, por que não recuperá-lo? Se necessário, não esqueça de atualizar informações cruciais do conteúdo;
  1. Por fim, é importante ter um cuidado adicional com as personas, que ainda tem sido encarado como uma “insegurança” da plataforma, visto que, diferente do Twitter onde se trata de um “lugar de escape” (podendo o usuário final construir uma persona fictícia), dentro do universo do Threads já não é bem assim, devido ao seu perfil estar sempre vinculado ao nome do Instagram, perdendo-se então a questão do anonimato. Mesmo assim, uma marca precisa estar com o social listening apurado para o tipo de público que estará recebendo e engajando com seus conteúdos.

Se a sua empresa quer alcançar novos objetivos e desenhar novas estratégias digitais no Threads, é importante ter o apoio de uma agência de marketing digital que entende do assunto, sabe analisar dados e trabalhar com estratégias diversas para alcançar a presença digital desejada.

Por isso, conheça a Adtail. Nosso time de experts está preparado para entender a sua empresa e ajudá-la a crescer.
Visite agora mesmo o nosso site para descobrir como a Adtail usa estratégias digitais a favor dos resultados de seu negócio!